Contador de acesso e visitas
Últimos assuntos
» Apostilas de Estudo
Seg Maio 31, 2010 10:51 am por Alberto Neto

» Evangelizar vale a pena?
Qui Maio 27, 2010 5:47 pm por Alberto Neto

» 4 Leis Espirituais
Sex Maio 14, 2010 4:59 pm por Alberto Neto

» Dinâmicas de Grupo
Sex Maio 14, 2010 3:53 pm por Alberto Neto

» Filhos do Rei
Seg Abr 26, 2010 1:52 pm por Alberto Neto

» Meu Chamado
Seg Abr 19, 2010 8:46 am por Alberto Neto

» [b]Haja o que houver... [/b]
Sex Abr 16, 2010 3:57 pm por Alberto Neto

» Conseguie Alberto
Qui Abr 15, 2010 5:09 pm por gabriel

» DEUS É FIEL
Sex Out 30, 2009 4:52 pm por Nayara Brito

» Apresentação
Ter Set 08, 2009 8:07 am por Nayara Brito

Conectar-se

Esqueci minha senha

Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 18 em Dom Set 01, 2013 9:01 pm

A Escolha de Deus na Salvação

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A Escolha de Deus na Salvação

Mensagem  Alberto Neto em Qua Set 24, 2008 9:37 am

Não é necessário que todos os crentes crêem tudo o que este estudo apresenta sobre eleição. O autor do estudo é ciente que existem explicações diferentes sobre o tema apresentado mesmo que ele não concorda com todas delas. Mesmo assim, é esperado que o leitor creia algo sobre o assunto. A Bíblia trata desse estudo sem confusão. Muitos alunos da Bíblia crêem que mexer com este assunto de eleição é comprar uma briga, ou entrar em uma briga que é dos outros. Outros ainda ignoram o assunto por inteiro como se fosse uma parte das coisas encobertas de Deus e que Ele não quer que ninguém trata do assunto (Deut. 29:29). A atitude do autor não é de brigar, nem interferir com as brigas dos outros. Também não é a sua intenção de desvendar algo misterioso que Deus quer deixar encoberto para todo o sempre. O autor simplesmente quer expor o que a Bíblia diz do assunto e, mesmo não entendendo tudo sobre Deus, crer pela fé aquilo revelado divinamente pela Palavra de Deus. Este deve ser o mínimo esperado de um estudo bíblico por qualquer aluno consistente. Devemos lembrar-nos: tudo que está revelado na Bíblia pertencem a nós e a nossos filhos (Deut. 29:29; II Tim 3:16,17, "Toda a Escritura é inspirada e proveitosa ...").

O simples fato que subsistem salvos entre os espiritual e moralmente incapacitados; que existem vivos entre os mortos em pecados e ofensas; que têm os que querem agradar Deus entre uma multidão de incapacitados que somente procuram concupiscência é prova definitiva que existe uma força maior do que os homens crentes operando para salvá-los. Essa força opera segundo um poder fora do homem. Esse poder opera segundo uma determinação que não pertence ao homem.

Temos estudado já que essa determinação é a própria vontade de Deus (Efés. 1:11). A vontade soberana de Deus é revelada nas Escrituras Sagradas em certos termos. O termo que estipula a ação da eterna vontade de Deus em determinar quem entre todos virão ser salvos é eleição. Como entenderemos pelo estudo, a eleição de Deus é puramente uma terminologia bíblica sem ser uma invenção de nenhum teólogo humano.

Autor: Pastor Calvin Gardner

_________________
Que Deus te abençoe e te guarde.(Nm 6:24)
avatar
Alberto Neto
Admin

Mensagens : 221
Data de inscrição : 31/07/2008
Idade : 28
Localização : Fortaleza-CE

Ver perfil do usuário http://www.mibs12.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum